Madrasta é presa após morte de criança de 3 anos em Arapongas

O delegado chefe, Dr Marcos Fontes, decretou a prisão da madrasta da criança, pelo crime de homicídio culposo (quando não há intenção de matar, mas por negligência a morte ocorreu).

Segundo o delegado, a madrasta tinha a responsabilidade de cuidar da criança, tendo em vista que o pai biológico não estava presente no momento ‘’ Ela agiu de maneira negligente ao sair da residência e deixar a criança sozinha, se ela estivesse cuidando da criança o resultado morte provavelmente não teria acontecido’’ afirmou o Dr.

O delegado relatou que, por essa negligência a madrasta identificada como Dalcineia de 33 anos. foi indiciada pelo crime de homicídio culposo, que prevê uma pena de 1 a 3 anos. Sobre o direito de fiança o delegado aplicou o valor de $10 mil reais, segundo Marcos Fontes, a madrasta não realizou o pagamento do valor, e se encontra presa na cadeia pública de Arapongas.

Em depoimento, a madrasta relatou que teria realmente deixado a criança sozinha na residência, sobre algumas orientações, como não mexer no televisor e não subir nos móveis. Segundo a Policia Civil a criança estaria sobre os cuidados do pai e madrasta a três dias, e que anteriormente estava sendo cuidada pelos avós. Segundo o Dr, a madrasta não teria mudado sua rotina antiga após a chegada da criança ”Ela continuou fazendo suas tarefas como de costume, qualquer um é responsável juridicamente por alguém que não é capaz de se cuidar, seja uma criança ou um idoso” disse o delegado.

O caso

O fato aconteceu na tarde de ontem (21) na rua Chororó do Rio Branco no Jardim Casa Grande. Segundo informações, a madrasta teria deixado a criança por um breve tempo sozinha na residência, foi onde que criança teria tentado pegar um objeto em cima de uma mesa e de alguma forma até agora não esclarecida acabou caindo e batendo a cabeça no chão, oque causou um trauma em crânio. Os trabalhos das equipes do SAMU foram realizados por mais de uma hora, a criança chegou a ser entubada pelo médico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Policia Civil

Segundo o delegado, s próximos passos serão ouvir as pessoas envolvidas, como o pai biológico da criança e outras pessoas que presenciaram a situação.

A Policia Civil não divulgou imagem da madrasta.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.