Mulher é presa em Arapongas acusada de matar e queimar homem no litoral do Paraná

Policiais Civis da 22ª Subdivisão Policial em Arapongas, através do Grupo de Diligências Especiais (GDE), prendeu na manhã desta sexta-feira (21) Grace Kelly Alves de Souza de 29 anos. A detida é acusada de matar e queimar o corpo de um homem no litoral paranaense.

Segundo a Polícia Civil, denúncias apontaram que a suspeita estaria escondida em uma casa na região do Colúmbia, em Arapongas, além de estar foragida da justiça. A equipe de Policiais Civis foi até o local indicado e encontrou Grace Kelly, que é bastante conhecida no meio policial e tem várias passagens por crimes diversos entre eles posse de arma de calibre restrito e tráfico de drogas.

O mandado de prisão contra Grace Kelly é de Guaratuba no litoral do Paraná local onde ela é acusada de ajudar a matar Denilson de Cordeiro Soares em 06/08/2017 que fora encontrado dentro do porta malas de um carro Audi A3 totalmente queimado juntamente com Denilson.

O crime em Guaratuba

Segundo informações repassadas o veículo Audi A3 era furtado no município de Morretes. O carro foi utilizado em um roubo no município de Guaratuba. A apuração do crime mostrou que Grace Kelly e mais quatro homens, entre eles a vítima Denilson de Cordeiro Soares, praticaram o roubo em Guaratuba, entretanto durante a partilha do produto do roubo entre os membros do grupo criminoso houve um desentendimento.

Denilson foi morto e jogado no porta malas do Audi A3 sendo incendiado na sequência. A mulher encontra-se presa na Cadeia Pública de Arapongas a disposição da Justiça.

A população pode encaminhar as denúncias para a Polícia Civil de Arapongas através do aplicativo WhatssApp número 9601-8699, exclusivamente através de mensagens, fotos ou vídeos com sigilo das informações repassadas.

carro
Veículo queimado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.