Homem que estuprou mulher se passando por agente de endemias é preso

A Polícia Civil de Arapongas interrogou nesta quarta-feira o investigado identificado como Joel, acusado de estuprar uma mulher se passando por um agente do controle de endemias no dia 16 de maio no Conjunto Del Condor, em Arapongas. O agressor estava preso na casa de custódia da cidade de Londrina e cometeu o crime após ser beneficiado com uma saída temporária, a conhecida ‘saidinha’.

Segundo o delegado da 22ª SDP de Arapongas, Ricardo Jorge, os investigadores conseguiram identificar o suspeito por conta da ‘saidinha’, que coincidiu com o dia do crime em Arapongas. ”Ele já cumpria uma pena pelo crime de roubo, contra uma mulher também aqui na cidade de Arapongas. O acusado estava na casa de custódia de Londrina, foi beneficiado com essa saída temporária por volta das 10h00 e veio para a cidade de Arapongas cometer o crime.” afirmou o delegado.

Ainda conforme o delegado, após cometer o crime Joel retornou para a casa de custódia de Londrina, porém, os investigadores conseguiram o identificar e a vítima reconheceu o agressor. ”Ele já estava preso em regime semiaberto, entretanto, está preso novamente em regime fechado através de um mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário de Arapongas em razão do roubo seguido de estupro cometido.” relata o delegado.

O delegado de Arapongas, Ricardo Jorge, enfatizou que o agressor não tem relação nenhuma com os agentes do controle de endemias de Arapongas. De acordo com o delegado, a Prefeitura de Arapongas e a secretaria responsável deu todo o apoio necessário nas investigações.

”Foi um caso isolado, de um criminoso que recebeu um benefício de saída temporária durante a execução penal e veio para Arapongas cometer esse crime bárbaro. As investigações continuam para alguns detalhes, porém, ele está preso e vai continuar preso.” finaliza o delegado.

A Polícia Civil alerta caso alguém foi vítima de crime semelhante a este que entre em contato através de mensagens no telefone 43 3278-2222.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.