Revitalizado, Teatro Vianinha reabre as portas com noite de espetáculo

Depois de passar por uma ampla revitalização, o Teatro Vianinha reabriu suas portas para o público em clima festivo na noite desta terça-feira (25). Um dos espaços culturais mais tradicionais do município, o Vianinha ficou longo tempo fechado por não atender as recomendações de segurança do Corpo de Bombeiros e apresentar avarias acumuladas ao longo dos anos. A revitalização incluiu a retirada do carpete do piso, pintura, troca da iluminação de serviço, higienização das paredes, retirada de infiltrações, reparo de sanitários e sinalização de segurança, além de mudanças na fachada e na comunicação visual. A Praça Cacilda Becker, onde estão instalados o Vianninha e a Biblioteca Pública Municipal Machado de Assis, também recebeu melhorias de iluminação e jardinagem, tudo com recursos do próprio município. Esta é a obra de número 38 de um total de 48 concluídas ou em andamento pela atual administração.

“Em tempos de crise financeira, é muito comum que as administrações cortem os investimentos na cultura. Nós seguimos outro caminho porque acreditamos na força da cultura e do esporte para promover a qualidade de vida”, afirmou o prefeito Sérgio Onofre. Ele destacou a qualidade do trabalho realizado no município através do Curso Livre de Teatro, que tem Pedro Ziroldo como coordenador artístico e pedagógico, com dez turmas e cerca de 300 alunos, e o pioneirismo de pessoas como Nitis Jacon, que através do teatro projetou o nome de Arapongas para o Brasil e o exterior. “Fazer cultura nesse país sempre foi difícil. Por isso devemos reconhecer a luta de pessoas como a Nitis. E por isso também tiro o chapéu para o trabalho feito aqui pela equipe da Secretaria da Cultura”, acrescentou o prefeito.

EMOÇÃO

O secretário municipal da Cultura, Lazer e Eventos, Geison Cortez, também enfatizou a dedicação de toda a equipe no trabalho de revitalização do Vianinha e o apoio que o projeto recebeu do prefeito. Ao destacar o Curso Livre de Teatro,

Pedro Ziroldo informou que foi no Vianinha onde tudo começou. “Estamos felizes por ver um espaço tão importante como este reabrindo as portas e também porque estamos aqui, juntos, dando as mãos por uma causa, que é a cultura, a educação e a arte”, enfatizou Ziroldo.

A ex-secretária municipal da Cultura, Edina Kümmel, também prestigiou a reabertura do Vianinha. “Estou emocionada porque este espaço é realmente muito importante. Prefeito, muitas coisas estão sendo feitas na administração, mas eu falo e agradeço especialmente em nome da cultura”, frisou ela. O Auditório foi inaugurado em 1976 e o nome é uma homenagem a Oduvaldo Vianna Filho, que havia falecido dois anos antes, aos 38 anos, vítima de câncer, depois de constituir sólida carreira como ator e diretor de teatro e televisão. A trajetória de Vianinha foi recuperada na nova comunicação visual feita no hall, através de fotos e texto. Na reabertura, uma exposição fotográfica também reconstitui a trajetória da atriz, diretora, dramaturga, agitadora cultural e médica psiquiátrica Nitis Jacon.

Logo após a solenidade de reabertura do Vianinha, foi apresentada a peça “A que foi dada por morta”, primeiro espetáculo do I Festival de Artes Cênicas de Arapongas (FETAC), que segue até o dia 07 de julho.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.