Coordenadora da Estação Cidadania-Cultura é premiada em Concurso Nacional de Iniciativas Socioculturais

As ações realizadas entre os anos de 2017 e 2108 pela coordenadora da Estação Cidadania e Cultura (antigo CEU das Artes), Sebastiana Lopes Barbosa da Silva para promoção da educação e da formação artística e cultural, foram destaque no Concurso de Iniciativas Socioculturais dos Centros de Artes e Esportes Unificados, realizado em 2018 pela Secretaria de Difusão e Infraestrutura Cultural, do ex Ministério da Cultura e hoje integrado ao Ministério da Cidadania.

Conforme Sebastiana Lopes (Tiana), a Estação Cidadania-Cultura de Arapongas, vinculada a Secretaria de Cultura, concorreu contra 58 projetos e ganhou dois prêmios na categoria A, conquistando a 11ª colocação em nível Nacional no Concurso.

“No total 94 projetos foram inscritos em nível Nacional, sendo 58 habilitados, com 29 classificados na categoria A,onde participamos com toda a ação teatral desenvolvida desde 2017, nas faixas etárias infantil e idosos”, acrescenta a coordenadora.

Ainda segundo ela, que inscreveu as ações na qualidade de idealizadora/proponente dos projetos, a Estação Cidadania concorreu com as seguintes iniciativas:

-Encenação Teatral da Paixão de Cristo na Paróquia Santa Rita de Cássia, seguida de uma Procissão pelas ruas e finalizando na Estação Cidadania, com envolvimento de toda a comunidade da Zona Sul

-Adaptação da Peça Teatral “O Auto da Compadecida”, que envolveu atores amadores da comunidade araponguense e do entorno da Estação, finalizando com o Auto de Natal, essas duas realizadas durante o ano de 2017.

-Adaptação do texto “A Cigarra e a Formiga” com apenas três integrantes e que reuniu um público recorde nestes tipos de apresentação.

-Contação de Histórias, iniciado em 2018 através de parceria com a Secretaria Municipal de Educação, o projeto obteve o 17º lugar em nível Nacional e tem as atuações de “Tiana”, que conta a história e Joseli Toledo Vilela, que faz a musicalização infantil, atendendo alunos das Escolas Municipais em tempo integral.

“No período de recesso escolar o projeto é aberto a toda comunidade, através do projeto Contação de História Para Todos, direcionado para a comunidade da Zona Sul, que tem prestigiado o evento em massa, lotando tanto o teatro como a praça da Estação”, complementa a coordenadora.

PREMIAÇÃO

Entre os 58 projetos classificados, os 30 melhores receberam uma premiação de R$ 10,5 mil, pagos a cada idealizador/proponente dos projetos.

No caso do idealizador/proponente dos projetos da Estação Cidadania e Cultura de Arapongas, os dois prêmios conquistados totalizaram um montante de R$21.000,00 e estão sendo aplicados para manutenção e também para ampliação de ações da seguinte forma:

ATIVIDADE DE VIOLÃO BÁSICO

Desenvolvida com a instrutora Joseli Toledo Vilela, que atende duas turmas todas as terças-feiras, com os alunos já tocando canções simples e sendo inseridos nos eventos da Estação, sejam aqueles direcionados para a comunidade, ou nas atividades de encerramento, programadas para dezembro onde eles participarão em uma cena da peça “Fatos e Personalidades Araponguenses” e também na Contação de Histórias Para Todos.

A coordenadora Sebastiana Lopes acrescenta que, com o dinheiro também foram adquiridos, estantes, pastas individuais e até mesmo as cordas, para os 5 violões comprados para os alunos usarem durante as aulas, podendo também treinar em horários diferenciados.

ATIVIDADES DE ARTES MANUAIS

Atende nas segundas e quartas-feiras com a instrutora Marlene Rosa da Silva de Jesus e tem por objetivo a criação e confecção de artesanatos (objetos cenográficos, fantoches, bonecas, entre outros) e que já estão sendo usados na Contação de História.

“As duas atividades, tanto violão como artes manuais são ofertadas da faixa etária infantil ao idoso e a comunidade tem dado uma reposta positiva e dentro das expectativas de socialização, elevação da auto-estima e ampliação de renda, citando como exemplo a aluna Karen Camila Hoffmann, que já está comercializando seus produtos, sendo que todo material para uso do aluno durante a aula é fornecido gratuitamente”, explica Tiana.

Ela acrescenta que os alunos também têm colaborado com a instrutora Marlene na montagem do cenário dos eventos na Estação.

ATIVIDADE DANÇA DE TODOS OS RITMOS

Direcionado para crianças e adolescentes da comunidade de março até julho, com participação efetiva nos eventos da Estação, tendo como professora Adriele Constantino, responsável pela atividade.

OFICINAS DE TEATRO

Conta atualmente com três oficinas, que tem como instrutora a Tiana, sendo direcionada para a faixa etária infantil ao idoso, que funciona nas terças-feiras (vespertino e noturno) e quintas-feiras(vespertino) sendo que a peça em andamento conta fatos da história dos pioneiros de Arapongas e de algumas personalidades.

“No dia 8 de outubro apresentaremos um fragmento da peça para a comunidade no entorno da Estação e em dezembro a peça será apresentada na íntegra durante o encerramento de todas as atividades, sendo que neste caso, parte do recurso da premiação está sendo usado para figurino, tecidos e ornamentação de cenário, entre outros”, acrescenta a coordenadora.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA

Ação inserida com sucesso na grade de programação da Estação Cidadia e que atualmente tem como convidados para contarem sua história, os pioneiros, Inácio Suzuki que fala sobre a imigração japonesa e colonização e Miguel Massake Makyama, que conta a história da produção de abacates, sendo ambos pioneiros da Colônia Esperança.

Ela finaliza ressaltando que “a conquista das iniciativas da equipe da Estação Cidadania-Cultura neste importante Concurso, são fruto do eficiente trabalho que vem sendo feito pelo secretário de Cultura Geison Cortez e equipe, reforçando o compromisso do prefeito Sergio Onofre em incentivar programas e projetos que fortalecem as expressões socioculturais, promovendo o bem-estar e o desenvolvimento cultural da comunidade”.

O Secretário de Cultura Geison Cortez parabenizou a equipe da Estação Cidadania e Cultura e reiterou sua confiança no trabalho que vem sendo realizado junto à comunidade, dentro do propósito da Administração de uma Arapongas para todos.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas