“Temos dois suspeitos”, diz delegado sobre morte de empresário araponguense

O delegado da cidade de Loanda, Luciano Dias, que investiga o caso da morte do empresário araponguense, morto a tiros na cidade de Querência do Norte-PR nesta sexta-feira (20), deu uma declaração dizendo que a Polícia Civil tem dois suspeitos no caso.

Segundo o delegado, a Polícia Civil acredita que o empresário possa ter sido vítima de um latrocínio. “Diante do cenário de furtos e roubos em lanchas que temos na costa entre Querência do Norte e Porto Rico, estamos trabalhando com a possibilidade de um roubo seguido de morte”, afirma o delegado.

O delegado afirmou que a polícia tem dois suspeitos até o momento e disse que a Polícia Civil está em diligências para localizá-los. “Não podemos deixar esse crime grave e bárbaro passar impune, estamos trabalhando e em breve teremos resultados” finalizou o delegado.