Central de Ambulâncias transportou mais de 24 mil pessoas em 2019

A equipe da Central de Ambulâncias transportou 24.039 pacientes durante o ano de 2019. O maior volume ocorreu para Londrina, com 9.927 pacientes transportados. Depois, dentro do próprio município de Arapongas: 6.820 pessoas. Na sequência, Curitiba (2.857), Apucarana (2.546) e Maringá (950). Mas o relatório mostra ainda pacientes transportados para Rolândia, Jandaia do Sul, Ivaiporã, Ribeirão Preto, Campo Largo e vários outros destinos e para diversos procedimentos ligados à saúde. “São números que dão uma ideia do amplo trabalho que vem sendo realizado pela atual administração na área da saúde. A determinação do prefeito Sérgio Onofre é no sentido de que as pessoas que precisam de transporte para atendimento médico não fiquem desassistidas”, afirma o gerente do setor, Antônio Aparecido Ribeiro dos Santos, o “Toninho da Ambulância”.

O relatório inclui viagens de curta e longa distância. A Central também realiza o transporte de doadores de sangue para o Hemepar de Apucarana. Esse procedimento é realizado todas as sextas-feiras, às 13 horas. Atualmente, a Central conta com 15 funcionários para atendimento à população e está localizada no estacionamento do Terminal Urbano (antiga Rodoviária).

Toninho da Ambulância frisa que esse volume de atendimento só é possível graças aos investimentos que a administração fez ao longo dos últimos anos. “Hoje, não só em termos de veículos, mas de material humano, temos equipe e estrutura para fazer frente à demanda de serviços e garantir que essas pessoas tenham acesso às consultas, exames e outros procedimentos, seja em Arapongas, seja em outros centros urbanos”, finaliza o gerente.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas