Feiras, cultos e missas estão suspensos em Arapongas

Nesta quinta-feira (19), o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, participou de duas reuniões para decidir medidas para o enfrentamento do novo coronavírus (COVID-19). O primeiro encontro aconteceu com representantes dos feirantes municipais, seguido de reunião com membros da Igreja Católica e do Conselho de Pastores de Arapongas. Nas duas reuniões, ficou decidido pela suspensão das Feiras Livres, das missas e cultos, com prazo inicial de 15 dias. Após esse período, novas reuniões devem ser realizadas para análise da situação do coronavírus em Arapongas. Havendo a necessidade, a suspensão permanecerá.

“São sacrifícios que visam o bem comum. Tanto as igrejas como as feiras livres, durante a semana e também aos sábados e domingos, são locais que concentram aglomeração de pessoas e, em boa parte, de idosos – grupo de maior risco. Devemos tomar essas medidas preventivas e de urgência. Convocamos essas reuniões para juntos tomarmos uma decisão democrática, visando o bem da nossa população. Assim, determinamos as suspensões dessas atividades”, afirmou Onofre.

Ainda durante a reunião com membros do Conselho de Pastores, parte dos representantes mencionaram que deverão realizar os cultos através de transmissões on-line, via Facebook, Youtube, por exemplo. Além disso, os espaços físicos de algumas igrejas estarão disponíveis, caso haja a necessidade de ampliação de locais de apoio para atender a população, conforme possíveis desdobramentos da situação do coronavírus. “Nossa comunidade já havia decido suspender todas as atividades, transferindo-as para transmissões ao vivo nas redes sociais. A igreja somos todos nós. Além disso, estamos à disposição para melhor ajudar, como for preciso, incluindo a disponibilização de espaço no nosso templo para ajudar a população, de acordo com a necessidade. Essa deve ser uma mobilização de todos”, disse o pastor Jaiderson Emerich, da 1ª Igreja Batista de Arapongas.

Para o presidente do Conselho, pastor Paulo Lemos, a decisão conjunta vem ao encontro das necessidades de grande urgência. “Estamos juntos nessa luta e tomamos essa decisão coerente e de bom senso. Reiteramos nossa total disposição, unindo forças com as autoridades municipais, estaduais e federais”, reforçou.

Outras medidas – Ainda de acordo com prefeito, em conversa com o governador do Paraná, Ratinho Jr, estão previstas novas ações emergenciais para o enfrentamento do Covid-19 nos municípios, que incluem a disponibilização de locais a serem adequados para a instalação de novos leitos, caso necessário. Em Arapongas, incialmente o Centro de Evento Expoara poderá abrigar os leitos.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas